" Se não houver frutos, valeu a beleza das flores;
se não houver flores, valeu a sombra das folhas;
se não houver folhas, valeu a intenção da semente"
Henfil

sexta-feira, 16 de maio de 2008

Salpicos

Parece que as flores anteriores foram sacudidas e ficaram cheias de salpicos.


Mas não, ninguém sacudiu flores, e também não fui eu que salpiquei estas. Desde há dois anos que tenho este Hippeastrum, e cada vez mais me surpreende pela tendência das flores em se tornarem "não tão artificiais", percebem? Parece que querem voltar às origens. Conseguirão?



Um pormenor da parte de trás da pétala.


Um bom fim de semana a todos :)

18 comentários:

Nelio disse...

lINDA DE MORRER,AINDA NÃO CONHECIA ESSA,OBRIGADO E BOM FIM DE SEMANA TAMBÉM PARA TI.BJINHOS.....

miguel disse...

Bem bonitos os grãos de vermelho que se espalham sobre o branco como se fossem partículas caídas de uma qualquer caixa de maquilhagem.

ameixa seca disse...

Não se pode negar as origens :)
Talvez volte ao que sempre foi. Seja como for... é linda!

Rose disse...

Querida, tenha vc tbm um bom fim de semana.

Florescer disse...

Não me digas que os duendes do meu jardim andaram aí no teu a colorir as tuas lindas flores!!!
Hum, malandrecos...
Mas, essas são mesmo delicadas e fora do comum... que delicia...
Beijinhos e boa semana.

JMRM disse...

Olá

Está fantástica essa coloração...

Boa semana

xau

Jardineira aprendiz disse...

Quando nós as deixarmos em paz elas voltam às origens, sim! As plantas que seleccionamos pelas características mais vistosas são sempre mais frágeis e tendem a desaparecer se não as protegermos. Um amigo meu chamava-lhes 'envernizadas'!

De qualquer forma ela é linda, luminosa!

Bj

beto disse...

Cris, pela cor das pétalas parece que a flor está a murchar, os pistilos já abriram e é a hora da polinização cruzada ou a autofecundação, pode-se conseguir novos desenhos de vermelho com branco, ou descobrir as variedades ancestrais de algum amaryllis ou hippeastrum, as Leis de Mendell aceitam esta probabilidade e é muito bom conseguir flores selvagens, em umas 3 ou 4 gerações de sementes. os meus estão bem, são 37 mudas e estão secando as folhas, aqui no sul do planeta o inverno se aproxima e as plantas entram em dormência, aqui as plantas quase não dão novas folhas e poucas plantas dão flores no inverno, os hyppeastrum podem ser "enganados" se forem plantados em tempos diferentes, aumentando a temporada do florescimento, se plantar um cada 15 dias retirando do refrigerador ( se não colocar em geladeira todos vão florir juntos) mesmo se esquecer de plantar, dá para ter uma floração enquanto outra está a murchar.

Dama do Lago disse...

Já andas é muito desaparecida...

Maca disse...

Besos Cris, leí por ahí, que estabas pasando un mal momento.Espero que estés mejor.!! ANIMO!!. Pásate por mi blog, a mí me sirve para distraerme un rato de los problemas. Un abrazo.

Cris Bolbosa disse...

Nélio, que vergonha, só passados estes dias todos respondo. Esta planta comprei-a em flor, foi mais cara, mas ao menos sabia o que estava a comprar. Já lá vai algum tempo.

Miguel, pois é, não me tinha ocorrido isso :)

Ameixa, já viste algumas destas plantas sem qualquer hibridação feita pelo bicho homem? São n vezes mais lindas. Talvez pela sua simplicidade, não sei...

Rose, tudo de bom para si atmbém, apareça, tá?

Florescer, os teus duendes são mesmo marotos, vê lá o que fizeram!

Jmrm, invulgar, não é? Mas mesmo assim é um cultivar, espero que com o tempo perca ainda mais o ar artificial.

Jardineira, espero que assim seja.

Beto, os meus não chegaram a secar as folhas. Que bom que suas plantinhas foram avante, apesar de agora quererem entrar em repouso. É a primeira vez que semeia Hippeastrum?

Dama do Lago, como é que não hei-de andar desaparecida. Só me apetece fazer como a avestruz : enfiar a cabeça no chão. Mas não posso, né?

Maca, es verdad, estoy pasando un periodo muy dificil de mi vida. Solo hoy me ha dado un poquito de voluntad de entrar en el blog. A ver si el animo aparece, que esto por aqui anda en desanimo total :(

beto disse...

As plantas adultas estão perdendo as folhas mas as pequenas estão conservando todas mas pararam de emitir novas folhas, perderam a folha inicial ( cotilédone ) as hyppeastrum e amaryllis, como os gladíolos e lírios são todas plantas monocotiledôneas.
Abraços a todos do blog e para você Cris em especial.

beto disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
kate smudges disse...

This is so pretty, seeing it at this time of year in a garden. Amaryllis are such exotic-looking flowers. I am trying to get mine to reflower, but i don't have such good luck with this.

I wonder how your Saskatchewan lilium are doing ... I often think of you when I see lilies.

beto disse...

Eu entendo um pouquinho mais da planta porque eu há muitos anos semeei em uma pequena jardineira, só quatro delas viveram o suficiente para florir, elas demoraram quatro anos e as flores não ficaram bonitas e no ano seguinte os bulbos apodreceram, creio que pelo excesso de água, agora mais experiente semeei e deram 40 mudas que se tiver sorte vão florescer em 3 anos, mandei-os todos para a chácara do meu irmão, lá tem espaço, daqui a dois anos poderei plantar eles aqui. lá no sítio tem plantas silvestres que meu irmão diz serem nativas do local, é diferente porque crescem em touceiras, as folhas não crescem uma sobre as outras, crescem em roseta, semelhante à coroa do abacaxi. flores totalmente brancas, tem tambem outras cores em plantas no meio do pequeno bosque, ou floresta tropical, que ocupa 30% do sítio.
São bulbosas, que crescem de modo semelhante ao narciso ou jacinto holandês, não têm repouso no inverno, parece que um só bolbo não floresce, precisando uns 6 bulbos juntos, no chão ou jardineira, a planta selvagem é uma desconhecida, que genero será o dela? creio ser um lírio ou narciso tropical.

Cris Bolbosa disse...

Kate, to forcing the Hippeastrum to flower, they must stay dry durng the winter period. Then you start giving water a bit in the begining of the spring and then water as normal for a bulbous plant.

Kate, i've answered you about the lilies in the other post. I wonder, is usual to see these lilies in the gardens ?

Beto, que bulbosas silvestres sao essas de que voce fala? Sabe os nomes? Gostava de conhecer.

TripleB disse...

Cris, te has dado cuenta lo que se parece tu hippeastrum al híbrido que me ha florecido este año y que lo recojo en esta página:

http://mementohippeastrum.blogspot.com/2011/06/el-ultimo-2011.html

Saludos

Ventura

Cris disse...

Ventura, si, es muy parecido. Ese mio no sí lo perdi, porque algunos de los que tenia los perdi y hay algunos que todavia no florecieran...
Talvez ese sea uno de los que quedan por florescer...
Ese mio lo habia comprado, los de semillas aún no floreceran...
Saludos

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...