" Se não houver frutos, valeu a beleza das flores;
se não houver flores, valeu a sombra das folhas;
se não houver folhas, valeu a intenção da semente"
Henfil

segunda-feira, 7 de abril de 2008

Onde está a luz?


Amigos visitantes deste jardim, ultimamente tem-me custado muito vir aqui, por isso o atraso nas respostas aos vossos comentários.
A vida não é fácil, e só o sabemos quanto sentimos isso na nossa própria pele.
Neste momento estou junto aos picos, tentando subir até conseguir ver a luz lá em cima.
É longa a caminhada, mas hei-de lá chegar!

22 comentários:

Jardineira aprendiz disse...

Algures, à nossa espera...

Força amiga!

Espaço do João disse...

Já estava admiradao com a tua ausência. Então !!! Toca a levantar esse astral. Como vai o estado da fedorenta? As minhas veem em força. Beijo João .

Nelio disse...

Cris:já estranhava a ausência,muita força,paz e alegria o caminho é para a frente....

Ana Ramon disse...

Olá amiga! Passei por aqui para saber novidades e afinal também te encontro em baixo de forma.
Agora que a Primavera está a fazer a sua aparição em todo o seu esplendor espero que te consiga animar.
Um grande abraço

JMRM disse...

Estamos sempre aqui para te ajudar.
Força amiga.
Nem todos os dias são maus.

Florescer disse...

Te garanto!!!
Quando nós pensamos que estamos em baixo, mas tão em baixo, tão em baixo... bem lá no fundo, sem saída para subir... vem algo ou alguém que nos puxa para cima, faz uma reanimação, liga-nos à máquina, dá-nos um tiro (mas para não morrer...)...
Faz de um tudo para não deixar nos arrastar...
E aí percebes que existe mais algo além de ti. Mais pessoas que estão piores que tu. Mais situações com as quais um dia te vais fartar de rir...
Não sei qual é o teu caso, e desculpa tal atrevimento meu de falar assim, mas... já passei por coisas que com a idade que tenho sei avaliar o sofrimento dos outros... e se quiseres uma mão lembra-te que tenho duas... e se for preciso tas empresto... não tas dou, pois fazem-me falta para teclar... e para jardinar, ok???
Já agora: a vida é dificil, ou são as pessoas que a complicam??
Vale a pena pensar nisto...
Beijos do tamanho do universo...
E tem mais, agora que estou a olhar para o teu cacto...
Já reparaste que no meio de tanto espinho, de um corpo redondinho, passado algum tempo aparece aquilo a que eu chamo de luz efémera(pois dura pouco), nos presenteiam com belas flores que até caimos para o lado de tão lindas que se tornam??
E além disso já lá vem outra a brotar, por isso se vires por aí um super herói fui eu que o mandei para te proteger (também é emprestado, não tu posso dar que faz-me falta para emprestar a outros que possam precisar, né??) Temos que ser uns para os outros...
Pensás-te??
Então pensa...
Mais um bocadinho...
Vá lá mais um esforço...
Será que vale a pena veres o fundo ao poço?
NÃOOOOO!!
E o que gostas de fazer??
SIIIIIIMMMMMMM!!
Desculpa ser tão melga...
Espero que não me batas...
AHHH Não amandes com o meu super herói à parede... é que não tenho dinheiro para pagar o hospital...
É desta que me vou...
Jokas :o)
Antes de acabar, é só mais uma coisita piquinina...
Gosto da apresentação do teu espaço e ainda antes de eu ser a Florescer, já visitava teu site há séculos... por isso...
Pronto vou... não te aborreço mais... não quero ser a responsável por atirares o herói à parede... ok??

Rose disse...

Minha querida, caminhe sempre com fé e disposição, a luz, essa que vc espera encontrar, está logo ali na frente.
São essas provas que fazem da vida uma delícia e dores, isso nos tornam grandiosos.Digo isso prq cresci com as tristezas e apertos na vida, haja luz para essas pessoas que lutam para alcançar o cume e se deliciarem com tanta luz e paz...Fique bem.Grandes beijos sapecas.

Anónimo disse...

Querida Cristina,

Me alegro de que aparezcas por el blog...Eso significa que estas mejor de animos y me alegro.

Un beso de tu amiga de Gran Canaria

Rosaterciopelo

Cris Bolbosa disse...

Jardineira, espero descobri-la rapidamente. Não estou parada à espera, muito pelo contrário. Mas acredito que leve algum tempo ainda. Talvez seja eu que sou impaciente!

João, baixo astral é apelido, como dizem no Brasil! Se fosse baixo astral, com uns antidepressivositos a coisa passava. Assim, para atenuar o aperto no estomago, um ansiolitico de vez em quando lá vai fazendo efeito.

Nélio, como gosto de te "ouvir" dizer isso. Aqui também se costuma dizer que para a frente é que é caminho. E é isso que estou a tentar fazer.

Ana, esta Primavera só a está a ser para as flores (haja algo de bom, né?). Eu sempre acreditei um pouco que era tudo sempre bom, que corria sempre tudo bem, mas com os anos fui aprendendo que não é bem assim.
Também andas em baixo? Espero que recuperes e te animes mais um pouquinho (diz o routo ao nu! ;)

Jmrm, como é bom saber isso. O vosso apoio é muito importante, muito obrigada.
E tens toda a razão, nem todos os dias são maus. Espero daqui a uns tempos olhar para trás e sentir-me tranquila.

Florescer, achas que ficava zangada contigo depois de me dares esse apoio maravilhoso? Nem penses. Escreve o que quiseres, que eu vou "absorver" com todo o gosto.
Estou plenamente consciente de que há situações tão piores, mas tão piores, que a minha nem chega a ser uma gota de água num oceano.
Estou a fazer "das tripas coração" para aguentar e ir para a frente, e especialmente para dar muito apoio à minha cara metade. Ele é mais introvertido e não deita nada cá para fora, e isso não faz nada bem. Mas eu estou lá, ao seu lado, para o que der e vier.

Não atirei o teu super heroi à parede, podes estar descansada. Está a ser muito bem tratado.

Rose, eu acredito que tudo há-de passar, e também acredito que a vida nos dá certas lições, que temos que pensar muito bem nelas, para daí tirarmos as nossas conclusões. Ás vezes pensamos que não deveriamos ter feito isto ou aquilo, mas assim nunca aprenderiamos essas lições. E esta aprendizagem é muito dolorosa, mas é como você diz, são provas de vida.

Rosaterciopelo, como tu sabes este blog es muy importante para mi, he conoscido personas muy especiales y he paseado por sitios diferentes. Como podria abandonarlo? Mismo sin venir aqui, todos los dias pienso en mi jardin virtual y en los jardines de mis amigos, pero el animo anda muy para abajo para colocar nuevos posts o mismo comentar.

Beijos para todos e muito obrigada pela vossa amizade.
Cris

Florescer disse...

Um beijão enorme para ti.
Espero do fundo do coração que tudo isto seja apenas uma fase e que juntos consigam ultrapassar...

Sonhadora disse...

Cris,
por mais forte que seja a tempestade ela há-de passar e trazer consigo a bonança... força, existem coisas que só o tempo faz com que esmoreçam... tenta viver um dia de cada vez e tenta ver o lado bonito das coisas... sei que é difícil seguir em frente, mas tens de o fazer... um passito de cada vez... acredita que neste momento Deus está contigo ao colo, a carregar-te para o caminho certo.
Estou a torcer por ti.
Beijos

Paulo disse...

Então Cris? Ânimo. Está aí a Primavera cheia de flores...

Nelio disse...

Cris: Olá,passei por cá a ver se já estavas mais animada....Olha hoje andei a mudar a terra a alguns amarylis,os vasos estavam muito pesados notei logo que havia alguma coisa errada,e era mesmo a terra antiga estava ensupada e cheia de minhocas ,a desgraçada da planta ia apodrecer...adubei as gluxínias...o mais engraçado é que quando trato de bolbosas lembro-me sempre de ti ,embora não te conheça mas claro que sinto um carinho especial pela nossa amiga dos "Bolbos" beijinho e que a vida te sorria......

ameixa seca disse...

Força Cris... coragem e esperança... nenhum homem é uma ilha e, se é uma ilha, então todos nós estamos nessa ilha. Para partilhar, ouvir, falar e ajudar. E no final vamos todos jardinar :-)
Um abraço e o desejo de uma rápida resolução para o que te impacienta e incomoda.

Juanillo disse...

Hola mi niña te importa mandarme tu dirección de correo a plantasdemitierra1976@gmail.com

Un saludo y gracias

Un abrazo

Cris Bolbosa disse...

Florescer, também assim o espero. É uma fase longa, mas há-de acabar.

Sonhadora, como estás? Barrigudita? Tenho que ir ao teu blog! Tenho andando muito afastada de todos.
É um defeito meu, isolo-me, penso que até demais.
Quero muito acreditar nas tuas palavras. Preciso de acreditar.

Paulo, que raio de Primavera a deste ano. Bolas! Talvez para o Verão chegue a Primavera.

Nélio, a terra dos Hippeastrums não deve estar assim tão encharcada. Não é pelas minhocas, que essas não fazem mal à planta, mas é que os bolbos com tanta água podem apodrecer. Junta areia à terra. Ó pra mim aqui a ensinar a missa ao padre! ;)
è tão bom saber que sou lembrada com carinho. Estou a ser lamechas, mas acho que preciso mesmo disso, um pouco de miminhos.
E tenho tido muitos de todos vós, sabe tão beeeeemmmmm!!!

Ameixa seca, é bem verdade o que dizes, e já me estão a ajudar muito, a ganhar força, confiança, para andar para a frente.

Juanillo, te envio un email ;)

Um abraço do tamanho do mundo não chega para o tamanho do vosso apoio.

Tricotes disse...

Pelo pouquíssimo contacto que tenho tido contigo, e tem sido apenas nestas andanças pelos blogs, tu és uma pessoa cheia de luz. Por isso, se tens de procurar a luz, procura-a dentro de ti. Talvez não consigas ver isso agora, mas parece-me que és uma pessoa muito especial. Seja o que for que te está a pôr triste, não deixes que te impeça de seres tão bonita como já inúmeras vezes mostraste que és. Força! Beijinhos.

jp disse...

magnifique la luz em cima

anete joaquim disse...

Será que te levanta o moral saberes que ontem, quando o nélio veio à minha casa, acabámos por falar em ti e no teu jeito e saber sobre bolbos? Será que ajuda saberes que fazes parte da nossa vida, nesses aparentes pequenos nadas que nos vão ficando destes encontros virtuais?
Compreendo o que estás a sentir, mesmo desconhecendo a origem. Também tenho andado longe do meu blogue, não por desprezar ou esquecer os meus amigos, mas porque não me apetece transmitir-lhes a tristeza que tenho sentido. A coisa está a melhorar, ainda ficou melhor com a visita do nélio e espero que, um dia destes, a tua vida também tenha mais flores. Amigos, pelos vistos, já os tens.
Um beijão

Cris Bolbosa disse...

Tricotes, vê lá que só hoje te respondi, ando sempre a fazer as coisas "aos bochechos". Não leves a mal, mas é que é mesmo assim, ora um bocadinho no trablaho, ora um bocadinho em casa, e depois há aqueles dias que não sai nada. Sentas-te em frente ao pc, mas estás a ver tudo menos o que estás a fazer.
Adorei as tuas palavras de apoio, estás a ver? deu-me vontade de chorar outra vez! Ai que lamechas estou a ficar!

jp, obrigada.

Anete, se levanta o moral, se ajuda? Nem imaginas como isso me faz sentir bem, feliz, com o coração cheio de alegria e vontade de ultrapassar tudo isto para um dia ir aí dar-vos um abraço ENORME!!!!!

Beijos a tod@s
Cris

Tere disse...

singular y muy bonita la floración de este echinopsis, bonita fotografía..Saludos

Cris Bolbosa disse...

Tere, por ahora está muy desidratado, después de dar esas belas flores, ha pasado el invierno a seco, lo pobre! Solo espiero que se recupere. Ha dado semillas y una germinó y ya tengo una hijuela gordita:)
La foto foy mi marido que la ha hecho, lo mérito es suyo.
Besos

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...