" Se não houver frutos, valeu a beleza das flores;
se não houver flores, valeu a sombra das folhas;
se não houver folhas, valeu a intenção da semente"
Henfil

quinta-feira, 20 de setembro de 2007

Más Notícias




Nem sempre as nossas experiencias correm da melhor forma, tendo por vezes desfechos menos bons.
Foi o que aconteceu com a semente de Crinum que vos mostrei num post anterior.
Depois de ter estado fora da terra algum tempo, quando vi que começava a querer ganhar raizes, coloquei-a na terra, superficialmente, só com a parte do bolbo que tinha as raizes. Passados uns dias, notei que o bolbo estava a ficar mole, tendo aprodrecido rapidamente, assim como a semente também apodreceu.
Mostro-vos as fotos do ano passado, em que todo o processo se desenrolou naturalmente, sem qualquer imprevisto. As plantas cresceram saudáveis, uma delas viajou até Espanha, a qual se encontra saudável, assim como as duas restantes que cá ficaram.
Ainda são plantas muito jovens, mas penso que dentro de um ou dois anos darão flores.
Muitas vezes as más experiências servem para nos ensinar e assim tentarmos corrigir algo que não se tenha feito bem. Talvez tenha feito mal não ter deixado a semente em cima da terra assim que caiu, tendo assim estado algum tempo "ao ar". Não sei se foi isso, mas para o próximo Verão espero que tenha mais sementes para poder voltar a tentar.

11 comentários:

gintoino disse...

Que pena cris, mas deixa lá eu devo ganhar-te em experiencias falhadas. Ainda agora fui ver a minha sementeira de Pancratium maritimum e estavam todos podres (menos um...a ver se se safa!). Mas é como dizes, é assim q se aprende! :-)

rose disse...

OLÁ, CRIZINHA. hoje lembrei-me de vc... é que a primavera está chegando e vi muitas ofertas de bolbos, que maravilhas. são flores que ficam escondidinhas o ano para aparecerem agora tão belas!!!!!!
beijoquitas.

Espaço do João disse...

Olá Cris.
Não está no esquecimento o envio do "bolbito", Agora só para o ano que vem pois, as suas folhas ainda não sairam da terra . Teem de secar e só depois se transplanta. Comigo o que é prometido é devido,salvo se não me esquecer, mas estará você para me lembrar, certo? Um respeitoso beijo João.

miguel disse...

Eles a cair e nós a enterrá-los numa mistura rica em turfa.Com os bolbilhos dos liliums é a mesma coisa (tirar e enterrar logo.)Deixa lá para o ano já sabes como fazer.

Paulo disse...

É uma pena quando estas coisas acontecem, Cris. Mas tu não vais desanimar. Como diz o Miguel, para o ano há mais.

kate disse...

I wish I was able to read this ... I think it has something to do with an experiment about bulbs!

kate disse...

I don't know how I missed the 'translation' button on your page. It actually works well - the sentences come out in a very strange form, but I could figure out what happened to the Crinum bulbs. I was right that it was an experiment.

Cris Bolbosa disse...

Gintoino, semeaste-os em areia? Eu semeei em areia o ano passado, demoraram a nascer, mas nasceram e cresceram bem.

Rose, aproveite bem os bolbos, pois dão flores lindas.

João, eu não me esqueço, eheh. Obrigada.

Miguel, vou seguir o teu conselho. Foi mesmo isso que eu fiz mal, não os ter deixado ficar na terra.

Paulo, tens razão, para o ano há mais, e já vai ser uma experiência com um pouco mais de conhecimento.

Kate, I'm glad that you can read my blog. Yes, it was an experiment that don't get well, bul next year I'll try it again.

anete joaquim disse...

Será que precisavam de ter sido mais enterradas? Pouco percebo do assunto. Também tenho aprendido com erros passados. Boa sorte para a próxima, cris.

gintoino disse...

cris, semeei numa mistura de areia e terra. O problema é q alguns vasos estavam demasiado húmidos (os q apodreceram) Os outros estão a germinar bem (mas levam tempo). Já semeei mais uns qtos entretanto! Fazes ideia qto tempo é q levarão até terem tamanho suficiente para florirem?

Cris Bolbosa disse...

Anete, por aquilo que sei devem ficar só encima da terra.

Gintoino, não faço ideia, mas conta para aí com uns três ou quatro anos. A planta cresce depressa, mas não creio que dê flor antes. Temos que ter paciência.

Cris

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...