" Se não houver frutos, valeu a beleza das flores;
se não houver flores, valeu a sombra das folhas;
se não houver folhas, valeu a intenção da semente"
Henfil

sábado, 8 de setembro de 2007

As Belladonas



Vale a pena esperar um ano para ver em flor estas plantas, as antigas Amaryllis Belladona.


Agora que já passaram uns meses sem folhas, lembram-nos de novo que estão muito vivas. Desde que se começam a ver as espigas a sair do bolbo, crescem a um ritmo alucinante. Arrisco-me mesmo a dizer que se me sentasse a olhar, conseguia vê-las crescer.


Alguns bolbos ainda não despertaram para dar flor, o que pode ter várias causas : terem sido mudados de lugar, serem pequenos, ou simplesmente preguiçosos.

A última foto é de uma Belladona com uma tonalidade de cor de rosa mais forte. Deram-me o bolbo o ano passado, mas não arrisquei colocá-lo na terra. Agora não vejo a hora de poder ver as flores de novo, mas pela rapidez com que cresce, talvez amanhã ou depois já tenha uma flor aberta.


































19 comentários:

rose disse...

Nossa....Cris!!!!!
são lindas mesmo.Vale a pena esperar e ver o resultado.Adoro ver bolobos com aqueles olhinhos bem pequeninos e de repente...uma aste e no dia seguinte essas maravilhas.Coisas da mãe natureza.

Paulo disse...

Que belas senhoras!

Espaço do João disse...

Olá Cris.
Essas beladonas veem no tempo certo. Lembro-me que quando estava na Madeira elas apareciam nos meses de Agosto e Setembro.Pelas festas do Monte viam-se por toda a parte. Não precisam muito cuidado pois as encontramos em lugares selvagens. No entanto gosto muito delas e tenho um bolbo que já deu flor este ano., João

Espaço do João disse...

Cris.
Já tenho os bolbos preparados, sómente estou à espera da sua dideção postal para enviá-los pelo correio. Beijos João

Nelio disse...

Cris pelas serras há disso ,pelos montes,por muitos lugares cá na ilha,mas infelizmente não tenho no jardim,vou tratar de arrancar para os poder ter,depois da flor claro...

Espaço do João disse...

No email quew lhe enviei, onde s~e lê semadenoses dede ler-se Semi-arenosos. João

Cris Bolbosa disse...

Olá,

è uma flor muito pouco vista. À venda nem sinais. Só pessoas mais antigas que as tenham, pois de outra maneira não se conseguem.
A outra flor já floriu, tenho que vos mostar, está linda.
Cris

rose disse...

Cris, tenho uma planta que ganhei, sei que é bolbosa, mas disse minha mãe que é uma orquidea, vou lhe mostrar e espero que vc saiba, pois é difícil pesquisar sem saber o nome.
beijos.

anete joaquim disse...

As minhas ainda nem apareceram na terra. Aqui vão dar um pouco mais tarde. Adoro-as, também.
um beijão, cris

Anónimo disse...

OLÁ, CRIS, COMO VAI VC?

ROSE disse...

ANONIMO SOU EU, ESTOU DOIDA...AHAHAHAH

Cris Bolbosa disse...

Rose, tudo bem. E com você, por onde anda? Já fui hoje várias vezes ao seu blog e cadê você?
Coloca a foto da orquidea para ver se conheço, tá?

Anete, o que me fascina muito nestas plantas é a sua resistência, pois já vi bolbos quase abandonados, sem nenhuns cuidados, a terra misturada com pedras, quase completamente de fora da terra, e em flor. Fiquei sem palavras.

kate disse...

I love Amaryllis Belladona - the blooms are beautiful!

Cris Bolbosa disse...

It's almost just the Belladonas that are blooming now. They gives life to the garden. I also like these flowers very much.

Sonhadora disse...

Olá,
Desde criança que os meus avós tem belladonas no jardim... sou completamente apaixonada por elas e pelo seu delicioso perfume...
Acho-as mágicas, por terem aquelas folhas verdes e misteriosamente desaparecerem para dar lugar aos caules das flores...
Realmente são raras, nunca vi a vender os bolbos em lado nenhum...
Neste momento o jardim do meu avô está muito perfumado pelo seu odor e muito enfeitado pela exuberância das suas cores...

Cris Bolbosa disse...

Olá Sonhadora, para mim estas plantas também são especiais. Sinto uma grande afinidade por elas, apesar de não me lembrar de as ter visto quando era pequena. A minha mãe conta que havia uma quinta aqui perto que há muito anos atrás tinha muitas, mesmo muitas flores destas. Diz que cresciam quase asilvestradas.
Cris

LOCO GATO disse...

Tenho um bolbo e algumas sementes e quero pô-las a crescer aqui em Lisboa. Cris, pode dar-me indicações de como devo proceder?
Obrigado desde já

Cris Bolbosa disse...

Olá Loco Gato, quanto ao bolbo deve plantá-lo, coberto de terra. São plantas que mesmo em periodo de reposo mantêm as raizes activas, por isso não o deve de retirar quando deixar de dar flor. Passado pouco tempo de dar flor, começam a aparecer as folhas que se irão manter até meados da primavera.
Quanto às sementes, logo que estejam maduras deverão ser colhidas. Num vaso com terra humedicida, colocam-se em cima da terra. Não se cobrem. Pode envolver o vaso num saco de papel para manter a humidade. Ao fim de algumas semanas começa a aparecer a primeira raiz (radícula) e posteriormente a 1ª folha (cotiledone). Nessa altura já pode destapar um pouco e progressivamente ir retirando a protecção. Enquanto tiver a protecção convém arejar de vez em quando.
Todas estas indicações referem-se à planta Amaryllis belladona.
Espero que tenha sucesso com a sua planta e sementes, vai ver que vale a pena cultivar esta espécie.
Cris

Anónimo disse...

adoro as belladonas como posso conseguir uma?

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...