" Se não houver frutos, valeu a beleza das flores;
se não houver flores, valeu a sombra das folhas;
se não houver folhas, valeu a intenção da semente"
Henfil

quarta-feira, 8 de agosto de 2007

Mais um canteiro






Finalmente, este fim de semana conseguimos acabar o canteiro de pedras.
Houve algumas peripécias, pois as pedras estão só apoiadas umas nas outras, e, por vezes, lá caiam elas, como peças de dominó.
Até ao Outono vai ficar assim, sem plantas.

11 comentários:

Nelio disse...

Está muito giro Cris,parabéns,mas porque vai ficar sem plantas??eu não resestia tanto tempo hi hi

rose disse...

tenho a opinião do nelio, não esperaria tanto tempo...sou muito anciosa por resultados...ahahahahahah.o que pretende plantar?

Rafael Abreu disse...

Ficou muito bom seu canteiro... vc encontra essas pedras com facilidade?!? Eu não sei onde procurar essas pedras aqui! Queria dar uma aparencia melhor para meu lado fazendo uma cascatinha... mas não sei onde comprar, ou pegar... essas pedras

Rafael Abreu disse...

lago*

Rafael Abreu disse...

lago*

Cris Bolbosa disse...

Nélio e Rose, esse canteiro vai ser plantado con mais bolbosas, e agora como não é altura, tenho que esperar pelo Outono, que é quando começa o frio e já posso plantar os bolbos.
Rafael, as pedras colhi-as de uma obra abandonada. Estavam lá sem utilidade, em monte, ao menos assim servem para alguma coisa.Também já comprei umas redondinhas para delimitar outro canteiro. Hoje fiz um canteiro, mais baixo, com outras pedras que também apanhei, lol.

Vieira Calado disse...

Uma maravilha!
Boa semana.

anete joaquim disse...

O segredo da construção desse tipo de muro de pedra é colocar o meio da pedra de cima sobre a junção das duas pedras da camada inferior. É a força dessa pedra de cima que vai manter a estabilidade das pedras inferiores e, consequentemente, do muro. É como com os blocos de cimento. Têm de ir ficando desnivelados em relação às camadas inferiores. Nos espaços entre as pedras que não ficam preenchidos (visto que as pedras não são de tamanho e formato regular), colocam-se pedras mais pequenas. Percebeste, cris? Já tentei explicar isto ao Paulo tantas vezes, mas ele ainda não captou a essência da coisa e embora já tenha construído alguns dos muros que viste no meu jardim, há sítios onde a estabilidade dos mesmos é duvidosa. Por isso, não te fies muito nos meus modelos. Um dia destes vou tirar uma foto de um muro madeirense bem construído e mostro-te. Vais ver o efeito que faz.
Mas, olha, apesar disso, o teu muro está com um aspecto bem catita e como nem tem muita terra que suportar, pode ser que não caia. As pedras usadas são muito lindas. Boa sorte.

Cris Bolbosa disse...

Viera Calado, obrigada pela visita. Volte sempre.
Anete, obrigada pela lição. Eu tentei fazer assim como dizes, mas quando olho para o canteiro, a sensação que me dá é que vai cair a qualquer momento.
Cris

Anónimo disse...

Também gostei imenso do canteiro está muito bonito tem um aspecto rustico!

crassula

Cris Bolbosa disse...

Olá Crassula. Bem vinda.
O resultado final também me agrada, fiquei com um canteiro novo com ar de velho, hehe.
Cris

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...