" Se não houver frutos, valeu a beleza das flores;
se não houver flores, valeu a sombra das folhas;
se não houver folhas, valeu a intenção da semente"
Henfil

quarta-feira, 27 de junho de 2007

Crinum Powelli


Esta foi a flor que deu origem à semente redonda e grande da adivinha.

Tem um aroma muito agradável, e à noite a flor levanta e abre completamente.

Hoje a vara onde estavam essas duas cápsulas de sementes estavam tombadas, devido ao peso das mesmas. Já estão do tamanho de uma clementina. Levantei-as, espero que acabem de amadurecer.


5 comentários:

anete joaquim disse...

Têm um ar tão puro! São lindíssimas.

Anónimo disse...

Olá Cris.
Vá até ao post sobre os gatos, tem novidades .Bjs.João

Anónimo disse...

Lindo, o teu Blog!
Este estranho lírio também se chama "Nardo"... cantado pelos poetas.
Beijinhos,
Maria

Cris Bolbosa disse...

João, obg.

Maria, esta flor é cantada pelos poetas? Podes dizer-me onde posso encontrar esses poemas? Fiquei curiosa.
Bj

Anónimo disse...

EXISTE O CRINUM STRIPED, CUJO NOME CIENTÍFICO É CRINUM SCABRUM OU CRINUM ORNATUM - POR CAUSA DA SUA BELEZA É O REI DOS CRINOS, COM FLORES LISTRADAS DE BRANCO E ROSA - UM VELHO CONHECIDO DOS BRASILEIROS. PARA CULTIVÁ-LO, AQUI ESTÁ UMA DICA: PLANTE EM HUMUS (TERRA PRETA) PURO, SEM MISTURA, ADUBE-O COM ADUBO QUÍMICO 4-14-8, 10-10-10 OU 15-15-20, REGUE TODOS OS DIAS SEM PARAR E PRONTO... AÍ VOCÊ VAI TER UMA BELA E ESPETACULAR FLORAÇÃO NO OUTONO E NA PRIMAVERA!!!!!!!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...