" Se não houver frutos, valeu a beleza das flores;
se não houver flores, valeu a sombra das folhas;
se não houver folhas, valeu a intenção da semente"
Henfil

segunda-feira, 30 de abril de 2007

Verde, sempre verde


Apesar de ainda serem pequenas, estas folhas já mostram bem o trabalho que a Natureza teve ao dobrá-las. Esta imagem faz-me recuar no tempo, onde eu era mais pequena e dobrava uma folha de papel até não conseguir mais, e quando terminava, abria-a e ficava assim, tal qual as folhas das Tigridias.

Estas pequenas bolbosas de origem Mexicana, florescem no inicio do Verão, onde cada flor só dura um dia, mas da vara floral pode sair uma sucessão de flores, dia após dia.


2 comentários:

Sonhadora disse...

Olá,
apesar de só durarem um dia, são de uma beleza inagualável... comprei umas sementinhas há uns anos na Makro e só floriram este ano. São muito bonitas.

Cris Bolbosa disse...

Olá, bem vinda ao meu jardim.
As Tigridias são lindíssimas. Este ano decidiram pregar-me uma partida: nunca lhes consegui tirar uma foto. De manhã ainda estavam a abrir, à tarde, já estavam murchas. Só tirei a uma meio aberta- meio fechada. Por acaso é uma que deixei a capsula de sementes a amadurecer.
Volta sempre.
Cris

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...