" Se não houver frutos, valeu a beleza das flores;
se não houver flores, valeu a sombra das folhas;
se não houver folhas, valeu a intenção da semente"
Henfil

segunda-feira, 30 de junho de 2008

Pintassilgos

É um pássaro de que gosto muito, por estes lados difícil de encontrar.
Um dia numa visita ao campo, vi imensos e fiquei maravilhada com tal visão.
Por aqui há muitos pardais telhados e verdilhões, rolas e andorinhas, uma arvela ou outra, alguns melros, mas pintassilgos, nunca os tinha visto.
Até que há umas semanas, estava eu debaixo do telheiro do churrasco e comecei a ouvir uma chilreada diferente, e de imediato procurei donde vinha. Estavam mesmo em frente, em cima dum tronco do damasqueiro, completamente à vista, numa alegria contagiosa. Consegui ver-lhes as cores tão bem desenhadas, e admirar-lhes os movimentos, pois não paravam quietos, saltitando de um tronco para o outro, mas sempre sem sair dali. Naquele momento, esqueci tudo o resto e entrei no mundo deles, senti que fazia parte daquele momento.
Desde esse dia, todos os dias tenho pintassilgos no quintal, ora na árvore, escondidos entre a folhagem, ora nos fios da electricidade, ora a voar a toda a pressa se sentem algum movimento. Já lhes conheço o canto de cor, não ficando nada atrás do mais premiado canário. É um canto livre, e só por isso o torna mais belo.
Mas o que me intriga mais é que já estou nesta casa há sete anos e só agora, precisamente agora, que me vou embora, é que apareceram os pintassilgos...

15 comentários:

Ezequiel Coelho disse...

piu?....

Cris Bolbosa disse...

Pois é...piu!

Maca disse...

¿Será que los pintassilgos quieren darte una alegre despedida?
BESOS

ameixa seca disse...

Achas que te querem dizer alguma coisa? Que agora é que vai começar a Primavera da tua vida? Eu desconfio que sim :) É um sinal...

Espaço do João disse...

Normalmente onde habitam pintassilgos, também o local é visitado pelos bicos de lacre. Adoro pintassilgos e, até fazem ninho no meu quintal. O seu único defeito é quando encontram, plantações de girassol. Se não tivermos cuidado devoram tudo. São aos milhares e, juntamente com os pardais, então é um fartote.

Monica disse...

Hola Cris

El que aparezcan esos pájaros es una buena señal; un buen auguruio de lo bien que te va a ir en tu nueva casa.

Un beso desde Gran Canaria

Espaço do João disse...

Passa pelo meu espaço, tem uma notícia de interesse. Beijo amigo. João

Maca disse...

Recoge una cosa en mí blog

Jardineira aprendiz disse...

Eu acho que eles vieram ter contigo. Portanto quando fores eles também vão!

Beijos

kate smudges disse...

I'm glad you've got these birds darting about as company... I would love to see a photograph of them!!

Cris Bolbosa disse...

Maca, será? No lo consigo explicar porque solo ahora aparecieran.

Ameixa, se é isso, olha que está a ser "um parto" muito dificil. Grande inverno este...

Joao, eu também gosto por demais destes pássaros. Mas agora aqui, com o jardim todo revirado do avesso, nao há girassois, nao há comida nos comedouros, nada. E eles aqui estao, de pedra e cal, com o seu canto que me deixa fascinada ao ouví-lo.

Monica, que tus palabras se concretizen, ya necesito de un pouco de paz em mi cabeza.

Jardineira, quem me dera que eles fossem comigo.

Kate, it's so good to see and hear these birds, I'll send you a photo of them.

Dama do Lago disse...

Tens muita sorte em ter vizinhança assim :)! Concordo com a Ameixa, acho que só podem significar coisas boas ;)!!

Miguel disse...

Cris! Obrigado pela visita e com a ajuda com a "baunilha" ;), e não tens de quê, as fotos aqui de facto marcam a diferença.

Florescer disse...

Quanto doce é o cantar de um pássaro seja ele qual for...
Quanto mais um que se sabe que existe mas raramente se aproxima...
Quando estamos de partida é que sentimos que vamos fazer falta de uma parte qualquer... desculpa, isto já é divagar...
São palavras que saltam dos dedos e que não consigo deixar de escrever...
Espero que estejas bem... aliás é o que sempre esperamos mas nem sempre acontece... né??
Uma beijoka muuuuuiiiiiiito grande.

Cris Bolbosa disse...

Dama do Lago, ainda há pouco vi um, em cima do fio da electricidade. Estava a cantarolar e não se assustou com a minha presença. Consegui ver-lhe as cores tão bem desenhadas. Adorei.

Miguel, obrigada. Sempre que puder ajudar, aqui estou:)

Florescer, tens toda a razão. Talvez agora dê mais atenção aos pequenos pormenores, será?

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...