" Se não houver frutos, valeu a beleza das flores;
se não houver flores, valeu a sombra das folhas;
se não houver folhas, valeu a intenção da semente"
Henfil

segunda-feira, 17 de março de 2008

Vírus!


Pouco ou nada sei sobre este assunto, mas assusta-me a ideia de que outras plantas fiquem assim como a da foto.
Os vírus das plantas não se conseguem tratar, pelo que a única maneira de erradicar este mal é eliminar as plantas.
Estas Sparaxis já tinham alguns anos, mas desde o ano passado que notei estas manchas brancas nas folhas. Há algum tempo fiquei a saber que era um vírus, e que se podia extender às outras, quer através de insectos chupadores de seiva (pulgões), quer mesmo através das nossas mãos tocando nas outras.

7 comentários:

Jardineira aprendiz disse...

Às vezes a susceptibilidade também depende da saúde prévia da planta. Podem-se tentar combater os vectores, se tivermos a certeza de quem são (nem sempre são os pulgões, podem ser outros insectos sugadores), mas o mais seguro é mesmo eliminar a planta, embora me pareça uma medida bastante radical.

Estou a falar em termos gerais, não sei o que acontece com esta planta em particular.

Bjos

gintoino disse...

Mas estes virus são perigosos para a planta ou limitam-se a provocar manchas nas petalas?

Sweet disse...

Aconteceu-me exactamente o mesmo com uma flor igual, não sei o que se passa até porque no canteiro tenho mais flores e estão todas ok.

Espaço do João disse...

Não. Não é necessário eliminar a planta, Sòmente eliminar a flor que está com o vírus normalmente é o suficiente. Depois é juntá-las e queimá-las. Já me aconteceu o mesmo e, até aqui resultou. Ter o cuidado de quando estamos a eliminar as flores lavar bem as mãos antes de eliminar o das outras plantas e não tocar naquelas que estão sãs. Beijos João

Cris Bolbosa disse...

Jardineira, receio que não tenha só a ver com a planta. Tenho um Lilium que as folhas também já têm umas manchas.
Segundo dizem, estes virus são terriveis e podem "acabar" com uma colecção em pouco tempo.
Notei que este ano foram mais as atacadas e com mais intensidade (só nas Sparaxis vermelhas mais antigas). As outras cores não sofreram alterações.

Gintoino, pelo que sei, as flores e as folhas ganham manchas, mas também podem nascer con defeitos, torcidas, enfim, uma série de problemas. Mas o mais grave mesmo é que se espalham às outras com muita facilidade. Dizem que se mexermos numa planta infectada, se tocarmos nalgum ponto que contenha seiva, e se de seguida tocarmos numa planta sã, pode ser infectada de imediato.

João, não basta eliminar a flor, tem que se eliminar a planta também. O virus continua lá, é como alguns virus nos humanos. Só que para as plantas não há vacinas nem tratamentos.

keka disse...

Oi, não conhecia esse problema de vírus, foi muito bom saber disto e vou repassar em meu blog tá?Mas com os devidos créditos!!!
beijos

Cris Bolbosa disse...

Olá Keka, estamos sempre aprendendo uns com os outrs, nãe é? Estou agora vendo o seu blog e tem lá uma ideia de aproveitar uma garrafa de água que está genial. Vou ver de novo!
Obrigada pela visita, e volte sempre, ok?
Cris

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...