" Se não houver frutos, valeu a beleza das flores;
se não houver flores, valeu a sombra das folhas;
se não houver folhas, valeu a intenção da semente"
Henfil

sábado, 28 de julho de 2007

Novo Canteiro



Hoje foi dia de "obras". De manhã fui comprar terra para um outro canteiro feito de cimento e para este que ainda está só começado. Esta terra tem um senão: é muito areenta. Vou ter que lhe juntar outra terra: a terra da vinha, que é a que eu costumo usar nas misturas para os vasos. E não pode deixar de levar também um pouco de estrume.
Gosto muito destes conjuntos de pedras, acho que dão muita graciosidade ao jardim.
Como podem ver, mais canteiros só significa uma coisa: mais bolbosas. Vou-vos mostrando o desenrolar dos trabalhos.

7 comentários:

rose disse...

CRIS, AQUI SÃO 21:04.
FIQUEI MUITO FELIZ COM A SUA VISITA.
VC DEVE GOSTAR DE PEDRAS O TANTO QUANTO EU ?COSTUMO DISSER AO NELIO QUE FUI DAS CAVERNAS...AHAHAHAH.
VOU VIAJAR NO SEU BLOG COM TEMPO.ESPERO GOSTAR, HEIM?
DE CARA VI SEU CAPRICHO COM O JARDIM , É DISSO QUE GOSTO.PARABÉNS, BEIJOS DE SUA AMIGA DO BRASIL.

João disse...

Boas tardes.Cris. Já deu para ver que gosta muito de bolbos.Até os alhos porros dão no seu jardim. Olhe que o S.João já passou e no Porto só para o ano. Bjs .João.

Nelio disse...

Cris estou a gostar de ver,sabe dizer que tipo de pedras são essas,são giras parecem pedras de rios bem conhecidos que vi no outro dia á venda,tais como rio preto,rio branco,rio nilo,rio mississipi etc...mas não comprei nem uma pois ia cair na tentação de comprar uma de cada rio,e era muitas....

Cris Bolbosa disse...

Olá,
Os alhos porros são muito comuns por aqui, apesar destes este ano não terem ficado muito grandes.
Quanto às pedras, não sei que tipo são, colhi-as de uma obra abandonada. Assim, aqui sempre têm alguma utilidade.

Greenman disse...

Grandes trabalhos.
As pedras ficam muito bem.
Dão um ar rústico e natural.

Bom trabalho!

Jardineira aprendiz disse...

Cris, posso-te garantir que a terra arenosa é melhor para a maioria das plantas que a barrenta! Eu luto contra o barro há anos, e as minhas plantas preferidas sempre têm vida curta, porque normalmente as plantas de jardim preferem solo leve! Claro que o ideal é uma mistura de características, ou melhor, o ideal é uma terra bem rica em matéria orgânica, mas isso também é uma trabalheira!

Cris Bolbosa disse...

Ontem estivemos a acabar o canteiro (logo ponho uma foto). Entre pedras que caiam de um lado, caiam de outro, foi complicado mantê-las em pé. Depois colocar a terra.
Jardineira, tens razão, dá uma trabalheira misturar as terras, mas eu prefiro, pois esta para o canteiro é mesmo muito areenta. Juntei-lhe estrume e terra da vinha. parece que ficou melhor.
Vamos lá ver se as pedras un dias destes não decidem tombar, lol.
Não me canso de olhar para o meu canteiro de pedra.
Obrigada Green, aquele espaço nem parece a mesma coisa.
Cris

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...